quarta-feira, 23 de fevereiro de 2011

Ninguém jamais vislumbrara nada parecido com este homem (...)

Tumblr_le7whdcsqf1qa86y4o1_r1_500_large

Era alto, magro e muito velho, a julgar pelo prateado de seus cabelos e de sua barba, suficientemente longos para prender no cinto. Usava vestes longas, uma capa púrpura que arrastava pelo chão e botas com saltos altos e fivelas. Seus olhos azuis eram claros, luminosos e cintilantes por trás dos óculos meia-lua e o nariz muito comprido e torto, como se o tivesse quebrado pelo menos duas vezes. O nome dele era Alvo Dumbledore.
                                                                             (Trecho de Harry Potter e a Pedra Filosofal)


E Harry Potter cresceu praticamente junto conosco, uma história que nos fez sonhar e imaginar, eu terei o maior orgulho de ler os livros para os meus filhos em um futuro distante. E aliás eu já estou cansada de receber todo ano minha carta para ir para Hogwarts, já falei que tô afim de ficar em casa! Que coisa! hahaha 

E como eu li em uma comunidade Não consigo imaginar minha vida sem a coragem de Harry Potter, a sabedoria de Hermione Granger, as caras e bocas de Rony Weasley, a lealdade de Alvo Dumbledore, a crueldade de Draco Malfoy, a simpatia de Rúbeo Hagrid, a doçura de Gina Weasley, a rigidez de Severo Snape, as travessuras de Fred e George Weasley, a beleza de Cedrico Diggory, os pensamentos lunáticos de Luna Lovegood, as trapalhadas de Neville Longbottom, o encanto de Fleur Delacour.
Não consigo imaginar minha vida sem Harry Potter.
 
Um abraço, boa noite, Betina.


Um comentário:

Poderá também gostar de:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...